Esconderijos preferidos dos germes

Os esconderijos preferidos dos germes

Invisíveis a olho nu, germes se escondem praticamente em todo lugar, mas, se você não consegue enxergar, onde germes ficam e se escondem? Alguns dos lugares mais comuns podem te surpreender!

 

1. Seu Escritório:

objetos de escritório compartilhados são ímãs para germes e raramente são limpos de forma correta. Desinfete seu local de trabalho, especialmente se divide seu espaço com outros colegas. Tente limpar a sua área com o Aerossol Desinfetante Lysol® e não enxugue*. Deixe o spray secar para limpeza máxima. Não esqueça de limpar:

 

  • Mesas
  • Cadeiras
  • Mochilas

 

 *Use segundo as orientações

 

2. Aviões: 

vírus respiratórios e infecções bacterianas podem se espalhar facilmente durante um voo. Ficar preso em um avião com estranhos e ar circulando pode ser preocupante durante a temporada de gripes e resfriados. Por isso, recomendamos que você desinfete o seu assento ao embarcar. Use os Lenços Desinfetantes Lysol® em:

  • Braços de assento ou descanso para os braços;
  • Bandeja;
  • Janela.

 

3. Escova de dentes:

você a coloca na boca pelo menos duas vezes por dia, mas já pensou em todos os germes que ficam nela? O problema não é exatamente onde germes se escondem, mas sim de onde vêm. Você sabia que apertar a descarga lança gotículas de água com vírus e bactérias que vão para o ar e, então, podem ir para sua escova de dentes? Estas gotículas podem ficar no seu banheiro por pelo menos duas horas após cada descarga, antes de pousar em superfícies. De repente, enxaguar não parece ser suficiente. Abaixe a tampa da privada antes de dar a descarga e troque a escova de dentes com frequência, especialmente depois de adoecer.

 

4. Salas de Cinema:

da mesma forma que aviões, salas de cinema são locais para que germes fiquem vivendo por um tempo – locais fechados e cheios de estranhos por algumas horas. Como sintomas de gripe e resfriado só aparecem depois de alguns dias, é possível que algumas pessoas na sala já estejam doentes. Lave muito bem as mãos toda vez que tiver chance, especialmente se comeu algo, e evite tocar nos olhos, nariz e boca.

 

5. Pia da cozinha:

pode não parecer, mas, na verdade, sua privada pode ser mais limpa do que a pia da cozinha. Partículas de comida que ficam de molho podem ser um terreno fértil para bactérias, incluindo E.coli e Salmonella. Embora você possa desinfetar a privada frequentemente, é provável que não esteja dando a devida atenção à pia.

 

6. Restaurantes:

sempre seja gentil com a pessoa que lida com a sua comida. Mãos lavadas inadequadamente, ou não lavadas, podem contaminar os alimentos com bactérias e vírus. Além disso, alimentos crus ou pouco cozidos podem expor a cozinha inteira a uma grande variedade de bactérias, da Salmonella à Shigella. Nem pedir carne bem passada é uma garantia contra a exposição. 

 

7. Lençóis e toalhas:

dica importante, quando você está doente, a cama é um ótimo local, mas também pode ser um terreno fértil para germes. Eles podem viver em toalhas e lençóis de três a sete dias sem um hospedeiro. Lave os lençóis uma vez por semana, toalhas todo dia ou a cada três dias com produtos apropriados para a desinfecção. 

 

8. Consultórios:

você pode não achar que o consultório de seu médico ou dentista seja cheio de germes, mas lembre-se de que está dividindo um espaço pequeno com muitas pessoas que podem ter doenças infecciosas. Cadeiras de sala de espera, maçanetas, brinquedos e até a roupa do médico podem ser contaminados. Tente evitar tocar em superfícies compartilhadas e lave as mãos sempre que puder. Então, onde germes se escondem? A resposta é: eles não estão escondidos.